Marcos Abrão defende criação do Cartão Reforma

16 de março de 2017

2017-03-16-PHOTO-00000269

O deputado Marcos Abrão (PPS) defende a criação do Programa Cartão Reforma, previsto pela MP 751/2016, em apreciação no Senado Federal. Nesta quarta-feira, 15, o parlamentar votou favorável ao parecer da relatora, senadora Ana Amélia (PP-RS), que vai ser discutido e votado na Câmara dos Deputados.

Segundo Marcos Abrão, “o Cartão Reforma vai possibilitar que inúmeras famílias em todo o Brasil tenham uma moradia digna, já que elas poderão utilizar o benefício para comprar materiais de construção para reformar, ampliar ou concluir a construção de suas casas”. Neste ano, o orçamento inicial para o programa seria de R$500 milhões, mas esse valor foi dobrado e será de R$1 bilhão.

O texto da Medida Provisória prevê o benefício de até R$9 mil reais para famílias com renda mensal de até R$2.811, que sejam proprietárias de imóveis em áreas regularizadas ou passíveis de regularização. Esse valor, no entanto, pode ser usado apenas na compra do material de construção e não na contratação da mão de obra.

Ex-presidente da Agência Goiana de Habitação (Agehab), Marcos Abrão tem uma forte atuação em defesa da habitação de interesse social. À frente da Agehab, ele implantou programas que beneficiaram milhares de famílias goianas com a conquista da casa própria: promoveu a reformulação do programa Cheque-Moradia, que foi transformado em Cheque Mais Moradia, e se tornou o maior programa habitacional da história de Goiás, e criou ainda o programa de regularização fundiária Casa Legal – Sua escritura na mão.