Ministro da Integração apresenta programas prioritários em 2017 a deputado Marcos Abrão

13 de outubro de 2016

Combate a desastres, captação de recursos hídricos e desenvolvimento regional serão prioridade, segundo Helder Barbalho

O presidente da Comissão de Integração Nacional, Desenvolvimento Regional e da Amazônia (Cindra) da Câmara, deputado Marcos Abrão (PPS-GO), esteve reunido com o ministro da Integração Nacional, Helder Barbalho, e assessores técnicos da pasta, em Brasília. O objetivo do encontro, proposto pelo ministro, foi tratar dos três programas prioritários para o governo federal em 2017: gestão de riscos e resposta a desastre; recursos hídricos; e desenvolvimento regional, territorial sustentável e economia solidária.

Abrão e Barbalho conversaram também sobre a destinação de emendas parlamentares. O deputado afirmou que, como presidente da Cindra, irá trabalhar em conjunto com o Ministério para contribuir com a diminuição das desigualdades regionais e também em Goiás. “O nosso próprio estado é um exemplo de como existem tantas diferenças nesse País de tamanho continental. Em Goiás, há regiões bastante desenvolvidas, mas há também aquelas que precisam mais do poder público, e é o meu papel como deputado federal trabalhar para que isso seja atenuado e para que todos possam viver bem e com dignidade”, afirmou Marcos Abrão após o encontro com o ministro.

Helder Barbalho salientou estar engajado no fortalecimento do pacto federativo e disse defender a parceria entre os poderes. “Essa é a diretriz que orienta o Ministério da Integração Nacional em suas relações com os parlamentares”, destacou o ministro, que também falou da importância de se promover iniciativas capazes de fortalecer os laços com os membros do Congresso Nacional. “Sei que posso contar com o apoio do deputado Marcos Abrão para construirmos conjuntamente estratégias para nos fortalecer ao final do processo de discussão e aprovação das questões orçamentárias”, encerrou.