“Moradia digna é direito fundamental”, diz Marcos Abrão

3 de julho de 2017

2017-06-28-PHOTO-00000221 (1)

O deputado federal Marcos Abrão (PPS) participou nesta quarta-feira, 28, da solenidade de entrega de 637 unidades habitacionais pelo Governo Estadual à população de Uruaçu. Ex-presidente da Agência Goiana de Habitação (Agehab), o parlamentar foi responsável por iniciar grande parte das obras de construção dessas moradias durante sua gestão.

“Fiz questão de vir aqui para participar da entrega dessas casas, que começaram a ser construídas na época em que eu era presidente da Agehab, para ver o resultado desse trabalho e parabenizar as famílias beneficiadas. Fico muito feliz em saber que contribuí para a realização do sonho de tantas famílias. Moradia digna é um direito fundamental”, ressaltou Marcos Abrão.

Uruaçu conta hoje com uma das mais antigas comunidades quilombolas urbanas de Goiás, com 300 famílias representadas pela Associação Comunidade Quilombola Urbana João Borges Vieira, certificada pela Fundação Palmares. Graças a um convênio firmado com a Agehab, essa comunidade recebeu do governo o Residencial Quilombola Borges, composto por 150 moradias.

Durante a solenidade de entrega, que fez parte da caravana do Goiás na Frente, o Governo do Estado entregou oficialmente outras 446 casas, distribuídas em três residenciais e outras 41 unidades habitacionais no Setor Francisco Martins de Carvalho, construído através do programa federal Oferta Pública Sub-50/II, que atende municípios com menos de 50 mil habitantes.

“Tenho feito tudo o que está ao meu alcance para que o Ministério da Cidades retome o repasse de recursos para agilizar as obras do programa Sub-50, no estado. A entrega dessas casas em Uruaçu só reforça a importância do programa para a região Norte”, destacou Marcos Abrão.

O deputado participou de várias audiências com o ministro das Cidades, Bruno Araújo, que coordena o Programa Oferta Pública Sub-50 e é o responsável por fazer a seleção das instituições financeiras e construtoras, para dar agilidade às obras no Estado. Durante as reuniões, o parlamentar apresentou ao ministro a situação de obras de construção de mais de 2 mil casas do programa federal em andamento em 68 municípios goianos.

“Durante minha gestão na Agehab, quando fizemos as mudanças no Cheque Moradia para juntar com recursos do Minha Casa Minha Vida, passamos a beneficiar mais famílias. Com a retomada do Sub-50, outras milhares serão beneficiadas. A garantia de moradia digna não é um favor, mas um direito de todos, fruto do imposto que a sociedade paga. É uma grande felicidade para mim saber que pude contribuir para que tantas famílias pudessem ter hoje o seu direito à casa própria assegurado”, ressaltou Marcos Abrão.