Sugerida por Marcos Abrão, criação de Prêmio Cindra é aprovada por unanimidade

18 de maio de 2016

Fotos Robson Gonçalves (1)

Comissão aprovou requerimento e enviará projeto de resolução à Mesa Diretora da Câmara

A Comissão de Integração Nacional, Desenvolvimento Regional e da Amazônia da Câmara Federal aprovou, por unanimidade, nesta quarta-feira (18/5), requerimento do deputado Marcos Abrão (PPS-GO) que institui a criação do Prêmio Cindra de Desenvolvimento Regional.  A honraria será entregue anualmente a entidades e personalidades que tenham realizado ações ou implementado programas importantes na área.

O deputado Marcos Abrão, presidente da Cindra, justificou que a premiação é uma forma de colocar a questão regional em destaque, “uma vez que persiste forte concentração espacial da atividade produtiva e da renda da população”. Para ele, o Prêmio Cindra irá endossar “os canais de aproximação da sociedade com o Parlamento e de valorizar aqueles que promovem o desenvolvimento regional das regiões brasileiras”.

Fotos Erneilton Lacerda (1)

 

A deputada Janete Capiberibe (PSB-AP) parabenizou a iniciativa do presidente. “O senhor tem o meu apoio [para aprovar o requerimento]”, afirmou. Quem também demonstrou seu suporte à criação do Prêmio Cindra foi a deputada Mariinha Raupp (PMDB-RO). “Nós temos que ter esse compromisso de fazer o nosso trabalho como legisladores e fazer com que nosso País tenha um desenvolvimento integrado. Nós temos essa missão de diminuir as desigualdades regionais e fortalecer as regiões que mais precisam. Mas que nós tenhamos também a oportunidade de homenagear aqueles que contribuem”, manifestou-se.

Agora, com a aprovação do requerimento, a Comissão enviará à Mesa Diretora da Casa o projeto de resolução que cria novas regras para o Prêmio Cindra de Desenvolvimento Regional, cujos agraciados receberão diploma e medalha de menção honrosa, em cerimônia a ser realizada pelo Poder Legislativo.